Neste sábado (07) acontece a grande final da 3ª Edição do Festival Canthe.
O evento realizado pelo Teresina Shopping é um grande sucesso, revelando
jovens talentos da música piauiense. Para escolher o vencedor, o Canthe
contará com um timaço de jurados incluindo os nomes nacionais Walmir Borges e Patrícia Mellodi.

 O músico, produtor e compositor Walmir Borges tem mais de 25 anos de
carreira e está ligado à boa parte da música pop brasileira. Ele já fez
trabalhos com Paula Lima, Tony Garrido, Seu Jorge, Jeito Moleque,
Exaltasamba, Alexandre Pires, Melanina Carioca, Inimigos da Hp, Grooveria,
Roberto Frejat, Belo, Fernanda Porto, Os Travessos, Luciana Mello, Pixote,
Sorriso Maroto, Bom Gosto, Alcione, Luan Santana, Guilherme Arantes,
Netinho da Bahia, Negritude Jr e Almir Guineto, entre outros, além de ter
composto com Philip Bailey, do “Earth, Wind & Fire”.

 Sua contribuição mais recente é integrar a orquestra Show dos famosos do
domingão do Faustão que pela 3ª temporada é o quadro de maior audiência na
TV brasileira. Seu álbum mais novo, “Melhor Momento”, passeia pelo soul,
samba e pelo pop.

 No Canthe ele espera encontrar vários talentos ainda escondidos, mas que
podem ser grandes nomes da música popular. “Acho indispensáveis essas
iniciativas! Até pelo fato do Brasil ser muito grande. Também pela
diversidade que o país possui de povos, crenças e tudo mais. Não podemos
achar, por um olhar pequeno, que o Brasil é um Brasil de um gênero e uma
única maneira de viver. Temos que ter grandes (espaços) em mídias ou
iniciativas como esta para que sejamos para o mundo a verdadeira joia
multicultural que somos!”, disse.

 Patrícia Mellodi é cantora e compositora piauiense que reside no Rio de
Janeiro há mais de 20 anos. Ela possui cinco discos autorais e composições
gravadas por nomes como Xuxa, canção “Meu Xamego” e “A Primeira Cena” por José Augusto.

Walmir Borges jurado nacional A cantora já foi indicada a prêmios importantes da música brasileira, como Prêmio TIM, Prêmio da Música brasileira e outros. Patrícia lançou em maio deste ano seu novo trabalho autoral “DOIS DEUSES E EU” e está em turnê pelo país.

“Estou muito feliz em fazer parte do corpo de jurados desse festival. Até
porque eu me lembro muito de como eu comecei a caminhada musical e de como foi bonito e mágico esse momento. Minha expectativa é de muita emoção, alegria e também de reencontro ao meu início por meio da esperança desses jovens”, disse a cantora.

 Patrícia ainda acrescentou que é fundamental qualquer tipo de evento para
valorização de novos talentos. “Todo movimento no sentido de valorizar o
artista é fundamental. É preciso que exista dentro do nosso próprio estado
movimentos nesse sentido para que os artistas possam crescer, sonhar, se
manifestar e mostrar seu talento dentro de casa. Esse festival dá esperança
e sonho dentro e visibilidade nossa própria casa. Estou bem satisfeita de
ver a organização e acima de tudo um movimento bonito com estrutura,
respeito ao novo artista, isso é a realização de um sonho. Que existam
muitos outros e que possam revelar mais talentos”.

 Além dos jurados nacionais, a final do Canthe ainda contará com grandes
nomes da música piauiense para escolha dos vencedores. Sérgio Matos, Lázaro
do Piauí e Lilly Araújo completam o time de jurados.

 Sérgio Matos é músico, instrumentista e compositor, com mais de 20 anos de
atuação profissional e experiência tanto na música popular como erudita,
além da composição de trilhas para Dança e Cinema. O músico formou e dirige
a Orquestra Tamoio desde 2010, grupo dedicado à música de baile popular
brasileira e latino-americana.

 Lázaro do Piauí tem mais de 30 anos de carreira, 13 trabalhos em CDs com
participação de artistas como: Dominguinhos, Genival Lacerda, Frank Aguiar,
Flávio José, Santana, Os três do Nordeste, Joquinha Gonzaga. João Cláudio
Moreno e outros. Além disso, é ex-secretário Municipal de Cultura de
Teresina, Presidente atual da Fundação Durval Silva, apresentador do
Programa Matutando, aos domingos, na TV Antena 10, Ex-Técnico Consultor do Sebrae-Pi.

Patricia Mellodi jurada nacionalA história de Lilly Araújo com a música começou aos 17 anos. Esteva a
frente da banda de maior expressão musical do Piauí, Banda Bali, onde
gravou cinco CD’s e três DVD’s incluindo composições da cantora. Em 2009,
Lilly encerrou sua história na Banda Bali. A também apresentadora está no
comando do inovador programa TALENTOS DO PIAUÍ. E paralelo ao seu trabalho na TV, Lilly continua inovando nos palcos em carreira solo e cantando todos os estilos de música que fazem sucesso entre a galera antenada.

 A final do Canthe começa às 19h, na Praça de eventos do Teresina Shopping.
O primeiro lugar ganhará R$ 5 mil, e os intérpretes que ficarem com o
segundo e terceiro lugar serão premiados com R$ 3 mil e R$ 2 mil,
respectivamente.