noticia

Samba piauiense marca mais uma noite do Artes de Março

12 de Março de 2018 às 13:00

O tradicional samba piauiense tomou conta da segunda noite do Artes de Marco. O grupo “Os Baluartes do Samba” fez adultos, crianças e até os mais experientes dançarem e cantarem ao som do ritmo mais tradicional do país e o homenageado dessa edição, o samba.

A batida inconfundível do estilo musical chamou atenção do público e a praça de eventos do Teresina Shopping ficou lotada. Chico Carlos, um dos quatro vocalistas do grupo, destacou a importância do evento. “É uma grande honra nos apresentarmos nesse espaço que já trouxe tantos grandes nomes como Sivuca. Me sinto muito emocionado e valorizado por subir hoje nesse palco. Iniciativas como o Arte de Março é uma oportunidade para apresentar a cultura e raízes do nosso povo”, afirmou o músico.

Já o casal Klarine Alves e Ricardo Franco ficaram surpreso com a apresentação e elogiaram a iniciativa do Teresina Shopping. “Vale acompanhar e valorizar nossos músicos, nossos talentos. O Artes de Marco mais uma vez está de parabéns. Teresina precisa de mais iniciativas como essa. O povo conhecendo e celebrando nossa cultura. Inclusive já estamos combinando com uns amigos para virmos nos próximos dias”, contou a estudante.

Os Baluartes do Samba é um dos grupos piauienses com mais história e tradição. Seus integrantes são todos músicos da vanguarda do samba piauiense, uma verdadeira reunião da nata sambista do estado. No repertório foram apresentados sambas clássicos e obras de compositores piauienses que animaram o público.

E nesta segunda-feira(12) quem se apresenta no Festival Artes de Março é a Orquestra Funffec de Cordas, que é composta por jovens entre 10 e 22 anos e mantida pela Fundação Francisca Fernandes Claudino, da cidade de Luís Gomes-RN. A atração apresentará um repertório todo em homenagem ao samba.

Mais noticias

ver mais