noticia

Final do Canthe emociona público e surpreende jurados

11 de Setembro de 2018 às 12:38

Uma noite para ficar na história. Assim foi a final do Canthe realizada no último final de semana no Teresina Shopping. Os oito finalistas realizaram apresentações emocionantes que empolgaram a plateia e surpreenderam os jurados.

Na disputa acirradíssima quem foi a grande campeã do Canthe 2018 foi a estudante Paula Milena, de 18 anos. Mostrando muito personalidade na apresentação, ela encantou o público e os jurados. "Foi um evento impecável! Estou muito feliz, foi incrível. Eu só tenho a agradecer. Foi uma iniciativa muito bonita, às vezes a gente procura um palco para cantar e não tem. E esse evento nos faz evoluir, ir atrás dos nossos sonhos. Esse é o início da minha carreira e o Canthe foi fundamental para me ajudar a ser reconhecida pelo que eu faço", disse a vencedora que ganhou um prêmio de R$5mil.

Cantando música cristã, Wellington Silva, de 18 anos, conquistou o segundo lugar no festival e uma premiação de R$2,5mil. "Esse é um evento maravilho e principalmente vindo de um shopping, que é coisa que a gente não costuma ver. Pra mim incentivar os jovens a buscar música e a mostrar o seu talento é algo totalmente impressionante e transcendental. Só tenho a agradecer e não tem como descrever o que eu estou sentindo, é uma coisa inexplicável!", comemorou o estudante. 

Beatriz Rainer, de 17 anos, participa pelas segunda vez do Canthe. Ela foi a campeã de 2017 e nesta edição ficou com o terceiro lugar. "Só tenho muita gratidão ao Teresina Shopping e a esse evento maravilhoso. Todas as famílias acompanharam e se divertiram. Ano passado fui campeã e nós temos que dá oportunidade para outras pessoas. Agradeço a todos e foi muito bacana participar", agradeceu a estudante que recebeu uma premiação de R$ 1,5 mil.

 

Candidatos de alto nível

Na escolha dos vencedores, o Festival Canthe contou com um time de jurados expert quando o assunto é música. Thomas Roth, produtor musical e ex-jurado do Ídolos e Astros, Simony, cantora e ex-integrante do Balão Mágico e os cantores piauienses Luana Campos, Zé Quaresma e Ostiga Júnior formaram o grupo de jurados.

Thomas Roth participa do evento pelo segundo ano consecutivo e ficou impressionado com a evolução e o nível dos candidatos. "O que mais me marcou de um ano para o outro foi o nível dos candidatos. Mesmo a Beatriz que esteve no ano passado, o amadurecimento dela foi impressionante. Fiquei mega e agradavelmente surpreso. A qualidade dos participantes foi excepcional. Já participei de muitos festivais, mas esse foi um dos mais difíceis de escolher", destacou o jurado.

Roth acrescentou que para a escolha do vencedor analisou alguns detalhes. "Soma de personalidade, posicionamento no palco, técnica, segurança, afinação, dicção e a emoção. É gratificante e me deixa muito feliz ver o futuro da música brasileira. Hoje vi isso espelhado no palco do Canthe", finalizou.

Para a cantora Simony, a escolha foi difícil, mas a presença de palco, afinação e emoção da vencedora, foram os diferenciais no seu voto. "Que difícil escolher um vencedor. O festival foi lindo e merecido. A Paula é linda e maravilhosa. Eu não esperava esse nível de concorrentes e achei incrível.  Essas iniciativas são maravilhosas. Nós temos que incentivar mesmo nossos jovens para música, o esporte e a sempre irem para o lado bom, isso é muito importante", pontuou.

 

Mais noticias

ver mais